Escolha a Lâmina Certa para Rodos de Impressão Serigráfica

Escolha a Lâmina Certa para Rodos de Impressão Serigráfica

Antes de falarmos sobre a lâmina certa, é bom ressaltar que na serigrafia a ação de imprimir está diretamente ligada a diferentes fatores, sendo os mais comuns:

  • Pressão do rodo
  • Velocidade da impressão
  • Fora-contato
  • Tensão da malha
  • Viscosidade da tinta
  • Características da lâmina do rodo (dureza, dimensões e perfil)

Hoje, no entanto, vamos analisar o último aspecto, ou seja, as diversas propriedades das lâminas utilizadas em rodos na impressão serigráfica. Seria ótimo poder explorar cada um desses fatores, mas isso fica para uma próxima publicação, senão nos alongamos demais.

Rodo ou lâmina?

Mas antes de começarmos, é bom esclarecer que quando falamos de rodo nos referimos à peça ou ao equipamento (que pode ser de madeira, ferro ou alumínio) onde é encaixada a lâmina.

Rodo e borracha de serigrafia

Rodo de madeira com a lâmina de serigrafia

rodo de alumínio para serigrafia

Rodo de alumínio para serigrafia.

A escolha da lâmina certa para rodos é muito importante e o tipo escolhido pode influenciar diretamente em outros itens, como no consumo de tinta, na vida útil da matriz e da malha e na qualidade da impressão. Além disso, sua durabilidade varia muito de acordo com sua composição.

Há no mercado lâminas de borracha e de poliuretano (PU). As primeiras são mais simples, normalmente mais baratas, porém com menor resistência química e mecânica, o que acaba comprometendo todos os itens listados acima.

Já as lâminas de poliuretano, por terem um material mais nobre em sua composição, tendem a ser um pouco mais caras, porém mais econômicas se considerados alguns fatores:

  • vida útil mais longa, o que requer menos reposições;
  • minimização dos problemas com manutenção;
  • redução do tempo parado, aumentando a produtividade.

Você consegue avaliar o desempenho da sua lâmina verificando o lado de dentro das matrizes durante a impressão. Se esta área estiver molhada de resíduos de tinta, então o desempenho da lâmina está falhando de alguma maneira e já está na hora de trocá-la.

O USO DO POLIURETANO

Um rodo de boa qualidade deve ser bem construído, dimensionalmente estável, e sobretudo deve utilizar lâminas de boa qualidade. Atualmente, existe uma ampla variedade de polímeros utilizados na montagem dos rodos de serigrafia sendo que o mais desenvolvido para este fim é o poliuretano, devido sua boa performance em:

Resistência química:

A ação de tintas à base de solventes e de tintas UV pode reduzir drasticamente a expectativa de vida das lâminas, provocando o inchaço e até mesmo seu amolecimento. Atualmente, as lâminas de poliuretano usadas na serigrafia resistem a uma gama cada vez mais ampla de tintas e solventes.

Resistência mecânica:

O atrito do rodo contra a malha vai gradativamente desgastando a lâmina, que perde a capacidade de raspar a tinta da malha e deixa o acabamento da impressão cada vez mais grosseiro com o passar do tempo. Lâminas de qualidade superior apresentam menor desgaste e maior resistência, mesmo quando o rodo trabalha sob alta pressão.

Estrutura homogênea e elasticidade uniforme:

Quanto mais homogênea for a estrutura do material, mais uniforme será sua elasticidade, e mais perfeito será o contato entre o fio da lâmina e a matriz ao longo de todo o comprimento do rodo, resultando em impressões de melhor qualidade.

Estabilidade durante a armazenagem:

Lâminas de poliuretano são muito resistentes ao tempo e não perdem sua elasticidade natural quando armazenadas em temperatura ambiente e em lugares secos. O que pode acontecer é o seu escurecimento, que é um fenômeno natural do poliuretano que está sob influência de luz e que não altera sua qualidade.

SELECIONANDO UMA LÂMINA DE PU
Dureza

Sua primeira tarefa ao escolher uma lâmina para os rodos de impressão é determinar a dureza desejada. Ela é geralmente medida em Shore A para aplicações em serigrafia e as mais comuns e de maior comercialização são: 60A (macio), 70A (médio), 80A (duro) e 90A (extra-duro).

A escolha da dureza é normalmente feita em função do substrato a ser impresso e da malha utilizada nesta impressão. Por exemplo, se o substrato apresenta uma superfície irregular ou áspera e requer uma malha aberta para sua impressão, recomenda-se uma lâmina de dureza entre 60 e 70 shore. Mas se o substrato é macio e a malha é bem fechada, a dureza deve ficar entre 80 e 90 shore.

Mesmo com todas estas variáveis de dureza, sabemos que as lâminas com 70 shore ainda são as mais utilizadas. Por quê?

Bem, a tarefa da lâmina certa é cortar a tinta a fim de que passe através da malha. A lâmina precisa ser rígida o suficiente para isto, porém macia o bastante para se ajustar ao contorno da matriz. Uma lâmina de dureza média, como a de 70 shore, permite ao impressor um pouco das duas coisas, já que não é tão dura a ponto de dificultar a impressão manual, nem tão macia a ponto de não cortar a tinta.

Outro fator determinante na seleção da dureza da lâmina é a tinta. Tintas mais agressivas, como tintas UV, causam mais danos às lâminas que uma tinta à base de água ou um plastisol, por exemplo. Se a lâmina for mais dura, sua resistência a solventes também será maior. Por isto, a fim de se minimizar o inchaço e a fragilização causados pela ação química, convém usar uma dureza maior.

O tipo de impressão também é um fator de escolha. Se a impressora trabalha em alta velocidade, utilize lâminas mais duras, assim você evita grandes desgastes. Já as lâminas mais macias são indicadas para impressão manual, máquinas semiautomáticas ou que trabalhem em baixa velocidade.

O modo como a tinta é depositada sobre o substrato também é afetado pela dureza da lâmina. Uma lâmina macia tende a depositar uma camada mais espessa de tinta que uma lâmina dura. Então, se a sua impressão é chapada ou com uma área de maior cobertura, prefira uma lâmina mais macia.

Perfil

Perfil é o nome que se dá ao formato que a lâmina apresenta ao longo de seu comprimento, e que influi decisivamente na espessura da camada de tinta depositada e na eficiência da impressão sobre os diferentes tipos de substratos.

Existem no mercado diversos perfis de lâminas para rodos de impressão: retangular, retangular de bordas arredondadas, arredondado, diamantado, de gola em T, chanfrado em V e o chanfrado simples. Entretanto, os perfis mais encontrados e utilizado no mercado são o retangular e o chanfrado em V.

Perfil retangular – é o mais comum, amplamente utilizado em impressão de superfícies planas em geral, inclusive têxtil, e são absolutos na impressão manual.

Perfil arredondado – tem seu uso limitado em indústrias têxteis, nos casos onde se quer um depósito de tinta mais pesado.

Chanfrado – indicado para impressão em superfícies cilíndricas, onde geralmente a definição dos traços e contornos é muito importante. Geralmente são usados os chanfrados em V, pois sua performance em máquinas de alta velocidade é melhor. Há quem prefira os de chanfro simples quando se imprime sobre substratos muito rígidos.

Posso mexer no perfil?

Alguns serígrafos preferem arredondar ligeiramente os rodos, por meio de ferramentas próprias, a fim de aumentar o depósito de tinta. Isto é possível, porém não recomendado, salvo o uso restrito em algumas aplicações muito específicas, onde o que importa é somente um depósito de tinta mais pesado.

Mas como já dissemos lá no começo, em serigrafia existem muitas variáveis envolvidas no processo de impressão e que podem ser mudadas a fim de se atingir um determinado resultado.

E pra fechar, são muitas as dimensões das lâminas, e sua escolha varia conforme as necessidades do impressor. As mais comuns são as de 5 x 25 mm e as de 9½ x 50 mm (espessura x altura), mas há também 6 x 40 mm, 6 x 47mm, 7 x 50 mm, 8 x 35mm, 8 x 40 mm e 8 x 45 mm e por aí vai.

Considerando todas essas variáveis não tem como errar na escolha da lâmina certa e ainda garantir economia e eficiência à sua produção. Mas não para por aí. Se você realizar a manutenção adequada, garantirá maior vida útil para a sua lâmina.

E se precisar se aprofundar em um dos critérios abordados, nossa equipe técnica está sempre à disposição!

, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

dezoito − quatro =

Menu